ROTA FOTOGRÁFICA – Trilha da Pedra Sapo à Pedra do Cume da Serra do Lopo na Mantiqueira – Extrema MG

Por: www.grafismorupestre.com

I think that maybe we do not climb a mountain because it is there. We climb because we are here. (Jon Carrol)

Para atingir a Pedra do Cume o ponto mais alto da Serra do Lopo (1.700 m de altitude) siga abaixo a rota fotográfica comentada, para outras informações sobre a trilha e mapas veja o artigo: Pedra do Cume da Serra do Lopo na Mantiqueira através da Trilha da Pedra Sapo – Extrema MG

Atenção: Apesar de descrevermos o melhor possível as rotas, não nos responsabilizamos pelas informações prestadas! Se for a sua primeira ascensão à Pedra do Cume, seja prudente e contrate um guia local.

1 Mirante da Caixa (Clique nas fotos para ampliá-las.)

Placa indicativa do início da Trilha da Pedra Sapo ao lado do Mirante da Caixa Dágua. Observação a árvore seca não existe mais!
Placa indicativa do início da Trilha da Pedra Sapo ao lado do Mirante da Caixa Dágua. Observação a árvore seca não existe mais!

2 Quebra corpo

Siga a trilha mais demarcada pela esquerda entrando em um bosque, passe pelo quebra corpo na cerca.
Siga a trilha mais demarcada pela esquerda entrando em um bosque, passe pelo quebra corpo na cerca.

3 Bifurcação

Alguns metros do quebra corpo siga pela direita em uma bifurcação da trilha.
Alguns metros do quebra corpo siga pela direita em uma bifurcação da trilha.

4 Campo

Logo em seguida existe um descampado, que dependendo da época do ano tem pasto.
Logo em seguida existe um descampado, que dependendo da época do ano tem pasto.

5 Mata

Depois do descampado, entre na mata mais densa porém, a trilha é bem batida. Subida com um curso de água à esquerda, este riacho alimenta a caixa dágua do mirante no começo da trilha.
Depois do descampado, entre na mata mais densa porém, a trilha é bem batida. Subida com um curso de água à esquerda, este riacho alimenta a caixa dágua do mirante no começo da trilha.

6 Primeira Água potável no riacho

7 Bicão segunda água potável

Construído com um cano, o local é ideal para uma pausa e coleta de água. A Subida ficará mais íngrime.
Construído com um cano, o local é ideal para uma pausa e coleta de água. A Subida ficará mais íngrime.

8 Rocha Pichada

Aqui também, é um ponto com água na cachoeirinha ao lado da rocha. Suba pela direita da rocha, siga praticamente reto, cuidado com as bifurcações do trecho.
Aqui também, é um ponto com água na cachoeirinha ao lado da rocha. Suba pela direita da rocha, siga praticamente reto, cuidado com as bifurcações do trecho.

9 Bifurcação à Direita

Ignore as bifurcações siga subindo reto pela trilha mais evidente.

10 Trilha perpendicular em T

Ao chegar a este ponto de trilha perpendicular em T siga pela esquerda, se desejar visitar a Pedra do Sapo vá pela direita, uns 60m mas depois terá que voltar a este ponto.
Ao chegar a este ponto de trilha perpendicular em T siga pela esquerda, se desejar visitar a Pedra do Sapo vá pela direita, uns 60m mas depois terá que voltar a este ponto.

11 Pedra Sapo

A Pedra do Sapo tem esse nome devido a sua aparência quando vista de longe. Pode-se escalar seus aproximados 6m de altura através de uma fenda.
A Pedra do Sapo tem esse nome devido a sua aparência quando vista de longe. Pode-se escalar seus aproximados 6m de altura através de uma fenda.
Contorne a Pedra Sapo pela esquerda para chegar ao pequeno mirante para observar a cidade de Extrema. Para continuar, retorne à bifurcação do ponto 10 e siga para leste.
Contorne a Pedra Sapo pela esquerda para chegar ao pequeno mirante para observar a cidade de Extrema. Para continuar, retorne à bifurcação do ponto 10 e siga para leste.

12 Lajeado

Quando chegar ao lajeado no meio da mata siga em frente pela trilha principal. Agora você está na trilha do Pinheirinho.
Quando chegar ao lajeado no meio da mata siga em frente pela trilha principal. Agora você está na trilha do Pinheirinho.

13 Curva à direita

Tome à direita alguns metros antes do ponto 14 (Fonte Dágua do riachinho).
Tome à direita alguns metros antes do ponto 14 (Fonte Dágua do riachinho).

14 Fonte dágua riacho

Se seguir um pouco à frente chega-se a grande árvore conhecida como pinheirinho (na nossa opinião não é um pinheiro). Porém a trilha está no ponto 13 um pouquinho antes do riachinho.
Se seguir um pouco à frente chega-se a grande árvore conhecida como pinheirinho (na nossa opinião não é um pinheiro). Porém a trilha está no ponto 13 um pouquinho antes do riachinho.

15 Clareira

Na clareira seguir à esquerda.
Na clareira seguir à esquerda.

16 Acampamento 1

Local de acampamento à direita na mata.
Local de acampamento à direita na mata.

17 Acampamento 2

À direita local de acampamento na mata, próximo a riacho à esquerda.
À direita local de acampamento na mata, próximo a riacho à esquerda.

18 Declives

A trilha segue com pequenas subidas e descidas.

19 bifurcação

Mantenha à esquerda na direção p/ sul
Mantenha à esquerda na direção p/ sul

20 Árvore da raiz partida

Árvore com a raiz bipartida à esquerda da trilha.
Árvore com a raiz bipartida à esquerda da trilha.

21 Torre da Embratel

A trilha vem entre a placa e a cerca saindo na estrada pavimentada. Placa da Trilha do Pinheirinho.
A trilha vem entre a placa e a cerca saindo na estrada pavimentada. Placa da Trilha do Pinheirinho.

22 Trevo Extrema – Joanópolis 

Extrema à direita, Joanópolis à esquerda. Siga as indicações das placas indo em frente para as rampas.
Extrema à direita, Joanópolis à esquerda. Siga as indicações das placas indo em frente para as rampas.

23 Pousada 1

Após as curvas e subidas da estrada passa-se pela primeira pousada, siga pela direita.
Após as curvas e subidas da estrada passa-se pela primeira pousada, siga pela direita.

24 Rampa para Joanópolis

Rampa para saltos de Asa Delta para o lado de Joanópolis.
Rampa para saltos de Asa Delta para o lado de Joanópolis.
Seguindo alguns metros à frente e à direita existe a Rampa para Extrema.
Seguindo alguns metros à frente e à direita existe a Rampa para Extrema.

Torres 2 – Alguns minutos depois das rampas você chegará a um segundo conjunto de torres de telecomunicações à direita, um pouco antes do portal das pousadas.

25 Portal

Vá pelas pousadas através do portal. A trilha direta para a Pedra do Cume está FECHADA, foi construído um posto provavelmente de pedágio à esquerda onde era a passagem para a trilha direta que saía perto da Pedra dos Cabritos.
Vá pelas pousadas através do portal. A trilha direta para a Pedra do Cume está FECHADA, foi construído um posto provavelmente de pedágio à esquerda onde era a passagem para a trilha direta que saía perto da Pedra dos Cabritos.

26 ponto de exploracao

Pague R$ 5,00 de pedágio na primeira pousada depois do portal ( Fev./2017) com a desculpa da  manutenção das trilhas, porém encontramos placas de informações e guias das trilhas caídas, fios elétricos dos postes impedindo passagem de carros, lixo, etc…

27 placa trilhas

Placas com indicações das trilhas. Siga pela esquerda.
Placas com indicações das trilhas. Siga pela esquerda.

28 Pedra do Altar 

A Pedra do Altar fica à direita, se quiser visitar a pedra dos 5 dedos suba pela esquerda, siga pela em frente para a trilha do Cume.
A Pedra do Altar fica à direita, se quiser visitar a pedra dos 5 dedos suba pela esquerda, siga pela em frente para a trilha do Cume.
Pedra do Cume vista da Pedra do Altar.
Pedra do Cume vista da Pedra do Altar.
Subindo para a Pedra dos 5 Dedos, no final da estradinha esta a trilha para a Fenda, se nesse ponto você entrar à direita subirá diretamente para o mirante da Pedra dos 5 dedos.
Subindo para a Pedra dos 5 Dedos, no final da estradinha esta a trilha para a Fenda, se nesse ponto você entrar à direita subirá diretamente para o mirante da Pedra dos 5 dedos.
Vista da Pedra dos 5 Dedos a partir da Pedra do Altar.
Vista da Pedra dos 5 Dedos a partir da Pedra do Altar.
Vista da Pedra do Cume a partir do mirante da Pedra dos 5 Dedos. Primeiro Bloco de Rochas é a Pedra dos Cabritos, segundo bloco é a Pedra das Flores e o terceiro é a Pedra do Cume.
Vista da Pedra do Cume a partir do mirante da Pedra dos 5 Dedos. Primeiro Bloco de Rochas é a Pedra dos Cabritos, segundo bloco é a Pedra das Flores e o terceiro é a Pedra do Cume.

29 Lago

Voltando à trilha para o Cume a partir da pedra do Altar, após 500m aproximadamente você encontrará um carreirinho à direita que dá em um lago no alto da Serra.
Voltando à trilha para o Cume a partir da pedra do Altar, após 500m aproximadamente você encontrará um carreirinho à direita que dá em um lago no alto da Serra.

30 Bifurcação 

Depois de uma clareira de acampamento, no final da estrada seguir pela direita. (A trilha direta para o Pico que está FECHADA vem da esquerda e se encontra neste ponto com esta trilha).

31 Pedra dos Cabritos

Pedra dos Cabritos em primeiro plano, vista da Pedra dos 5 Dedos. Logo após a Pedra dos Cabritos existe um último ponto de água potável.
Pedra dos Cabritos em primeiro plano, vista da Pedra dos 5 Dedos. Logo após a Pedra dos Cabritos existe um último ponto de água potável.

32 Mirante Extrema

Visão da cidade de Extrema em um lajeado grande.

33 Janela para Joanópolis

Cuidado com a trilha na beira de penhasco

34 Camping

Um pouco antes da Pedra das Flores tem uma boa área para Camping.

35 Pedra das Flores

Rochedo da Pedra das Flores. Com vista espetacular da Pedra do Cume. Após a Pedra das Flores você fará uma pequena descida.
Rochedo da Pedra das Flores. Com vista espetacular da Pedra do Cume. Após a Pedra das Flores você fará uma pequena descida.

36 Bifurcação

Siga pela direita. Você passará por uma rocha na beira trilha que é uma lapa em forma de abrigo.

37 Mirante pé do Lopo 

Degraus a serem transpostos para se atingir a Pedra do Cume, porém são caminhos de baixa dificuldade.
Degraus a serem transpostos para se atingir a Pedra do Cume, porém são caminhos de baixa dificuldade.
Mais degraus a serem transpostos para se atingir a Pedra do Cume, porém são caminhos também de baixa dificuldade.
Mais degraus a serem transpostos para se atingir a Pedra do Cume, porém são caminhos também de baixa dificuldade.

38 Pedra do Cume

PARABÉNS VOCÊ CHEGOU! (Agora é só assinar o livro do cume se você trouxe equipamentos básicos de escalada!) Vista a partir da Pedra do Cume, de toda a trilha percorrida desde as torres 2 de comunicação. Em primeiro plano a Pedra das Flores.
PARABÉNS VOCÊ CHEGOU! (Agora é só assinar o livro do cume se você trouxe equipamentos básicos de escalada!) Vista a partir da Pedra do Cume, de toda a trilha percorrida desde as torres 2 de comunicação. Em primeiro plano a Pedra das Flores.
A partir da Pedra do Cume siga alguns metros à frente para dar uma olhada na vista da região em 360º, podendo ver a Represa e o rio Jaguari, Joanópolis, Extrema, a Fernão Dias, Bragança Paulista, A Pedra Grande de Atibaia, as torres de comunicação de São Paulo e muito mais.
A partir da Pedra do Cume siga alguns metros à frente para dar uma olhada na vista da região em 360º, podendo ver a Represa e o rio Jaguari, Joanópolis, Extrema, a Fernão Dias, Bragança Paulista, A Pedra Grande de Atibaia, as torres de comunicação de São Paulo e muito mais.
Este material é protegido pelas leis de direitos autorais. Ele não pode ser copiado por qualquer meio para fins comerciais, sem prévia autorização. Se deseja usá-lo para fins acadêmicos, veja como citar este artigo: 

GRAFISMORUPESTRE.COM. ROTA FOTOGRÁFICA – Trilha da Pedra Sapo à Pedra do Cume da Serra do Lopo na Mantiqueira – Extrema MG. Disponível em: www.grafismorupestre.com; Acessado em: xx/xx/xxxx.

Para fotografias:
Nome da fotografia. Fonte: www.grafismorupestre.com.

Divulgue este artigo nas redes sociais abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *